Karina Limeira Brandão, mais conhecida como anaenne:
Minha mãe e meus irmãos sempre debocharam de minha euforia com Friends. Me achavam nerd e meio idiota pq eu ria muito com aqueles seis (meus irmãos me acham muuuito otaku, hehe). Mal sabiam eles que em casa eu era comedida pra caramba, eles precisavam ver como que eu assistia Friends quando estava no laboratório de jornalismo que coordenava lá na Castelo... eu e meus amados estagiários ríamos de gargalhar, muito, e era de praxe parar a aula às 20:00 pra assistirmos o episódio inédito da terça-feira. Ai, ai, aquilo era uma tradição maravilhosa.


Friends foi a primeira e mais amada série que acompanhei. Até hoje choro de rir qdo vejo episódios esparsos. E qdo deprimi feio em fevereiro último com as então sombrias perspectivas sobre minha saúde, foi a eles, meus amiguinhos, que recorri para gargalhar e esquecer, vendo compulsivamente um episódio atrás do outro.

Depois tive outras paixões: Lost, Dexter e The L Word. Claro que vi tb partes de uma penca de outras séries, desde Felicity (a piranha com o gravador, hahahaha) até Will and Gracie, passando por The 70's show até Weeds, por aí vai... Mas gostar mesmo, gostei dessas quatro que listei acima, com Friends em primeiríssima.

Ontem, num fôlego só, vi/revi toda a terceira temporada de The L Word. E chorei pacas com a morte de Dana, minha personagem preferida. Essa coisa de série é estranha mesmo. A gente se apega de uma forma que o troço fica na cabeça, a gente se envolve, é meio tipo novela mas num é, sei lá, parece amigo da gente. Bem, difícil de explicar. Acho que só os otakus me entendem. ;)
Marcadores: , ,
7 Responses
  1. A Dana morre? Oh! =/


  2. ihhhhhh! acho melhor avisar q tem spoiler lá no título do post. Sorry.


  3. Lu Ribeiro Says:

    Colega, a piranha com gravador é minha 'Í-DA-LA' - nível identificação...rs... Não sei pq ela espera tanto pra pegar o Noah... difícil escolher uma preferida... morro de rir com Two and half man e Bomba não acha um pingo de graça, como pode? gente estranha né, Colega?!
    das adolescentes AMO Felicity e Dawnson´s Creek. Pacey (Joshua Jackson) é uma alegria na vida, tanto q comecei a ver Fringe por causa dele...
    Com Barrados no Baile rola um revival. pois é a série q eu via no ginásio, mas vendo agora acho meio chatinho, ainda assim se Dilan McKay me ligar eu pego!!! rs
    Tb gosto The O.C. e meu irmão, pessoa boa, me deu no dia das mães caixa completíssima com as 4 temporadas, tô na metade... então é isso:
    pra rir - Friends e two and half man
    pra adolescer - Felicity, Dawson's Creek, Everwood, The O.C., Barrados no Baile, One Tree Hill
    pra ter assunto com o Bomba - Prision Break, C.S.I
    P.S.1: lembra do melrose? começou bem, depois a médica virou psicopata e foi pro donas de casas desesperadas...rs
    P.S.2: Bora fazer uma maratona?
    P.S.3: Parei com Fringe, Colega... toda noite sonhava que tava resolvendo os casos...rs...vai q é história real? quero ser cobaia dessa conspiração não, Colega. bjão


  4. era brincadeira, eu ja sabia :P


  5. Carol Says:

    Essas séries são viciantes mesmo. Elas me seduzem mais que novela! rsrs.

    Friends é, sem dúvida, uma das minhas preferidas. Antes, quando tinha tv a cabo (adoraaaava a rotina de toda a semana assistir um capítulo novo, e depois levar meses com a Warner enrolando para estrear as novas temporadas!) amava Gilmore Girls, Mad About You, Cheers (antigas, mas ótimas!), Two and a Half Man, ER... e outras-quase-todas!

    Sim, Warner e Sony já me distraíram muuuito nessa vida! rsrsrs


  6. Luana Says:

    Ah Ana...não chama a Felicity de piranha do gravador não, heim! hehehehe...Eu adoro ela!


  7. érica Says:

    Gente, que doidera essa vida.
    Acabei de postar no meu blog falando sobre o mesmíssimo assunto: séries. Quando resolvo dar uma passeada nos blogs alheios, descubro esse seu post de alguns dias atrás! E, mais interessante ainda, é que as minhas preferidas são quase iguais as suas. Só mudaria Dexter (que nunca vi) por The It Crowd.
    Cacilds.